Lan
Perfil do Artista
Heraldo Pedreira
ano: 1948
Heraldo Pedreira (1948: São Félix do Paraguaçu, BA). Foi morar com a família no Rio de Janeiro no ano em que nasceu. “(...) Ao conhecer pela primeira vez sua obra, me passou a impressão de estranhamento, um impacto tão grande, com seu colorido forte e de uma audácia de usar cores absolutamente contrárias que nos causa um impacto visual sem igual (...) sua abordagem figurativa que não se parece com nada que eu conheça (...) Não há nenhum artista na arte contemporânea do Brasil, que tenha uma temática tão original e emocionante. A sua arte rica em simbolismos, transformam coisas prosaicas como casarios, velhos sentados em praças imaginárias, bicicletas, pássaros, etc. (...) Se eu fosse classificar a arte de Heraldo Pedreira, creio que a incluiria no realismo mágico. Uma arte surreal, absurdamente colorida, brasileira e totalmente original.” (Walmyr Ayala, Apresentação, Galeria Astréa, São Paulo, 1974). Começou a desenhar desde criança. Fez seus estudos primários na Escola Municipal Tiradentes e secundários no Colégio Pedro II. 1958 – Mudou-se para Mesquita, RJ, local que marcou sua infância. 1965 – Contrariando seu pai, que o queria contador, matriculou-se na Escola Nacional de Belas Artes, onde foi aluno,entre outros, de Lídio Bandeira de Mello e Abelardo Zaluar. 1968 – Iniciou a carreira profissional de pintor. 1971 – Frequentou os cursos livres de Ivan Serpa, no Museu de Arte Moderna, no Rio de Janeiro. 1973 – Montou ateliê no bairro Lins de Vasconcelos, no Rio de Janeiro. 1999 – Após um período de afastamento das artes, retornou ao mercado. Realizou algumas exposições individuais: 1969 – Galeria Macunaíma, Rio de Janeiro. 1970 – Galeria Meia Pataca, Rio de Janeiro. 1975 – Galeria Rembrandt, Rio de Janeiro. 1976 – Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro. 1985 – Galeria B 75, Rio de Janeiro. Participou de diversas mostras coletivas, entre as quais as seguintes: 1960 – Concurso Nacional Semana da ASA, medalha de ouro. 1980 – Salão Nacional de Artes Visuais, Palácio da Cultura, Rio de Janeiro, prêmio de aquisição BNDES de pintura. 2008 – mostra comemorativas do 40 anos de pintura, Centro Cultural dos Correios e Galeria Rembrandt.
continuar lendo